Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

27/11/2015

Livro - The Silkworm (Edição em Inglês)

Não tem jeito, alados meus, mal terminei o segundo livro e já embarquei em "Career of Evil", o terceiro volume da série "Cormoran Strike". Vocês sabem que sou super apaixonada por mistérios em geral, e ainda por cima quando a história é estrelada por um detetive que acaba me cativando... pronto, é paixão na certa!
Mas hoje o assunto é o segundo livro, "The Silkworm", que acabei de ler no Kindle, em inglês. Acho que nem preciso explicar muito sobre o livro, todo mundo já conhece! Hehehe...

The Silkworm, Robert Galbraith (J. K. Rowling): 

Neste segundo livro, o negócio de investigação do detetive particular Cormoran Strike está indo muito bem, graças à publicidade que ele conseguiu ao solucionar o assassinato de Lula Landry, só que em meio aos casos típicos de traição e fraude que são o seu ganha-pão, Strike recebe uma cliente bastante atípica: uma frágil senhora que está à procura de seu instável marido, um conturbado escritor que já possui um histórico de chiliques e fugas. Acredito que o ponto chave da trama esteja no fato de que, apesar de não ter certeza se receberá seu devido pagamento, Cormoran resolve se dedicar ao máximo para desvendar este sumiço pelo simples prazer de esmiuçar um grande mistério.
Ao decorrer da trama percebemos que o trabalho de Strike é muito mais do que um simples recurso para ganhar dinheiro. De fato, há inclusive uma certa tensão entre ele e sua assistente Robin Ellacot, que sonha em se tornar também uma detetive, continuou trabalhando para ele almejando se tornar efetivamente sua parceira, mas teme que ele não perceba que ela possui o mesmo pensamento com relação à vocação de detetive.
"She couldn’t understand a vocation. Some people can’t; at best, work’s about status and pay cheques for them, it hasn’t got value in itself."
Até agora não sei se gostei mais deste livro ou do anterior. Acabei me divertindo da mesma forma e gostei muito de saber mais sobre a vida do Strike e da Robin, ganhei ainda mais carinho. Entre uma e outra pista do caso, a autora foi intercalando momentos da vida de ambos que (diferentemente do que acontece em "Morte Súbita", que exagerou muito nas polêmicas) possuem a dosagem certa de realidade e ficção. O caso em si acaba se revelando bastante macabro, mas em um todo é tão detalhado e verossímil que a parte grotesca acaba não importando tanto.
Uma coisa que gostaria muito de ressaltar é que há um momento antes da conclusão em que o Strike já descobre o culpado, mas não revela isso em voz alta. Fiquei um pouco indignada com o fato de que a verdade foi encoberta para o leitor por bastante tempo (não fui detalhista suficiente para perceber a pista chave que poderia ter me levado a descobrir tudo), mas isso adicionou uma tensão a mais que melhorou a adrenalina na hora da descoberta.
"You can’t plot murder like a novel. There are always loose ends in real life."
E o final acabou tendo uma pegada emocional que me encantou. A gente acaba gostando da cliente do Strike, Lenora, e sua filha Orlando, e fica torcendo para que tudo acabe bem. Não preciso dizer que entrou para a lista dos favoritos, é o tipo de história que despertaria o meu interesse mesmo que não fosse de uma autora que já sou fã.

Não percam as minhas próximas opiniões, trarei ótimas obras!

Para ler todas as minhas opiniões sobre os demais livros que já li, clique aqui.

Para conhecer os meus livros, clique aqui.

Beijinhos Alados,
0 Comentários
Comentários

Comente!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados