Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

03/06/2015

Coisas de Escritora - Vou escrever sobre... ih, já esqueci!

Escolhi falar sobre este assunto, alados meus, principalmente porque acabei de esquecer qual era a ideia anterior que tinha tido para a postagem de hoje... hehehe. Sei que ia usar justamente a coluna "Coisas de Escritora", mas simplesmente não consigo atinar o que tinha elaborado mentalmente. Culpa minha, tentei confiar que conseguiria me lembrar de tudo depois!
A verdade é que nosso cérebro é uma máquina frenética, nós temos ideias aleatórias a todo instante e, mesmo que as memorizemos como úteis, às vezes no estresse do dia a dia acabamos esquecendo-as. Ou então vão surgindo outros pensamentos que nos distraem ou acabam sobrepondo a ideia por serem mais importantes. Você encontra uma inspiração perfeita para o livro que está escrevendo e de repente, PUF! Dá aquele "Nox" poderoso e você já não se lembra mais daquilo que iria escrever. Dá uma sensação de pura frustração.
É uma triste situação, porém, não é culpa do escritor se a memória falhar de vez em quando, é coisa que acontece com todo mundo em várias situações. O máximo que podemos fazer é alimentar o hábito de escrever as ideias imediatamente (ou o mais rápido possível), nem que tenha que usar um pedacinho de papel, um celular, ou até mesmo a palma da própria mão. Tenho um caderno aqui em casa especialmente para esse fim, mas quando não estou com ele, tenho que improvisar com qualquer coisa.
Não vale a pena confiar no fato de que talvez depois você consiga escrever mesmo sem anotar, pois pode ser até mesmo que quando você passe as coisas para o papel, não tenham a mesma genialidade de quando a inspiração ainda estava "fresca". Ou que você perca a coragem e acabe achando a ideia boba mesmo que ela não seja de fato. Mesmo que você pense em algo para o final da trama, para outro livro, ou mesmo que seja uma mudança que você queira fazer na escrita em andamento, anote em algum lugar. E guarde bem a anotação, please! Quando for a hora de usá-la, pode ser que seja útil.
Fico pensando no número de ótimos trechos e ótimas obras que já foram perdidos pela simples falta de memória. Queria eu poder ter um programa mental de recuperação de "arquivos deletados", para poder restaurar tudo que não consegui colocar no papel, ou no computador. E você, já perdeu também trechos preciosos por causa de lapsos na memória?

Espero que tenham gostado do texto de hoje! Não posso deixar, é claro, de terminar o post convidando a todos a conhecer os meus livros, os links deles estão na seguinte página:


Estou contando com o apoio de todo mundo. Mesmo que você não esteja em condições de comprá-lo, uma divulgação já é muito bem-vinda!

Para ler mais "Coisas de Escritora", clique aqui.

Beijinhos Alados,
1 Comentários
Comentários

Um comentário:

  1. Oi Sheila!

    Fato, acontece com todo mundo mesmo! Eu tenho o hábito de anotar sempre no celular. Sejam ideais para novas histórias ou posts, tenho que anotar, pq esquecer depois dá uma tristeza tremenda, hehehe... Excelente texto!

    Bjs!
    CarinaPilar.com | ...e a paixão pelos livros!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados