Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

25/02/2015

Livro - Extraordinário

Pois é, alados, teremos uma semana literária aqui no DSA, embora eu não tenha programado nada... hehehe. Hoje contarei para vocês minha opinião pessoal sobre o Extraordinário livro de R. J. Palacio. Claro que muita gente já deve ter lido, já que é um dos grandes best-sellers da atualidade, mas convido você a me dizer se concorda ou não com as minhas impressões, que tal? Só o que você precisará fazer é continuar lendo e deixar seu comentário, não vai demorar muito! Vamos lá?

Extraordinário, R. J. Palacio:

 
 O livro é escrito em primeira pessoa, mas não se abstêm somente à visão de August Pullman, nosso pequeno/grande protagonista. Nele nós encontramos não apenas as impressões pessoais de um menino fora do comum, mas também de todos os que o cercam.
O clima é bastante suave, as crianças da trama são realmente crianças, do tipo que ainda tem bastante inocência, a despeito do que tem acontecido atualmente com a infância em geral. Mesmo assim, isso não impede que os alunos da escola Beecher Prep tratem o pequeno August, um menino que precisa lidar com peculiaridades faciais desde o nascimento, com o mais puro preconceito. No primeiro olhar, se assustam, até mesmo demonstrando descaradamente todo o seu espanto. Depois, não querem se relacionar com o garoto, mesmo sem saber sua verdadeira personalidade. Apenas aqueles que realmente derrubam suas barreiras e dão uma chance ao garoto, percebem que na verdade August é bastante divertido, leal e inteligente.
Durante a leitura, é difícil não simpatizar com as pessoas que acolhem o Auggie, e antipatizar com as que o magoam. Acho que nem preciso listar os personagens que gostei: foram exatamente os que você gostou.
Embora tenha ficado chocada com a atitude de algumas pessoas frente ao extraordinário menino, na minha mente tive apenas uma convicção: na vida real seria muito pior. Como é uma obra focada no público infantil, adolescente e jovem, creio que está bem adequado mas, se fosse ainda mais correspondente à realidade, seria bem mais forte.
Eu não posso mentir: me identifiquei com o August de vez em quando. Mas, ao mesmo tempo, também percebi que muitas vezes eu (e a grande maioria da sociedade) ajo como as pessoas que olham para o Auggie: sempre com aqueles três segundos em que deixamos escapar o quanto estamos perplexos. A mensagem principal, obviamente, é sobre o quanto deixamos de conhecer de verdade as pessoas incomuns apenas por terem uma aparência diferente, em como podemos perder uma boa amizade por causa de idiotices. Entretanto, também pude colher outras preciosas lições: a importância das segundas chances, em como não devemos ficar por aí reclamando por pouca coisa, em como devemos sempre nos colocar na perspectiva do outro antes de julgá-lo... é tanta coisa que deixaria essa postagem enorme!
Fica aqui então a dica de uma leitura leve, rápida, encantadora e que merece sim ser o sucesso de vendas que é. Espero de todo o coração que o mundo todo leia "Extraordinário"!

Não percam as minhas próximas opiniões, trarei ótimas obras!

Para ler todas as minhas opiniões sobre os demais livros que já li, clique aqui.

Para conhecer os meus livros, clique aqui.

Beijinhos Alados,
1 Comentários
Comentários

Um comentário:

  1. Hum, fiquei interessada nesse livro... Tem tanto tempo que estou presa nas crônicas de gelo e fogo precisando mudar um pouquinho o foco.... e por falar nisso tem seu livro né, comprei coloquei no kobo e até hoje não comecei...kkkkkk prometo que vou tentar... Beijos!!! Estava com saudade de passar aqui....

    IG: @simplesmentedanny
    Simplesmente Danny
    Simplesmente Danny no facebook
    Grupo Reeducação Alimentar Entre Amigas - Simplesmente Danny”
    +SimplesmenteDanny

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados