Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

18/07/2014

Conheça e ajude o projeto literário Pegaí!

Alados, vocês já devem saber que um dos meus objetivos é o de ajudar na divulgação da literatura. Portanto, convido todos a conhecer uma iniciativa paranaense de incentivo à leitura, conhecida simplesmente como o projeto "Pegaí".
A ideia do Pegaí é bastante simples: as pessoas doam livros (novos ou velhos), esses mesmos exemplares ficam disponíveis para o público nos pontos de coleta e depois que a pessoa aproveitar a leitura, basta devolver os livros para que outros também tenham a chance de entrar em contato com a história.
Pessoas do Brasil inteiro, e também escritores nacionais, já estão realizando suas doações. Queria que mais pessoas no Brasil também organizassem iniciativas como essa, pois é de conhecimento geral que o brasileiro comum acha que a leitura é uma coisa exclusiva do meio acadêmico, que não pode haver diversão com a leitura fora da escola, feita de forma espontânea. Sem contar que, por causa de impostos e outras taxas, muitas pessoas ainda não tem condições de comprar livros regularmente.
O Pegaí vem contribuir não só para diminuir o preconceito dos brasileiros para com a literatura, como também ajudará na divulgação de escritores nacionais, ao disponibilizar obras de todos os gêneros. Leia abaixo um trecho do press release do projeto, tenho certeza de que vai ajudá-los a entender melhor como tudo funciona:

Projeto “Pegaí – Leitura Grátis” aproxima livros e leitores

Uma iniciativa sem fins lucrativos, criada em Ponta Grossa-PR, tem a missão de tirar os livros esquecidos das estantes para que sejam lidos por crianças, adolescentes e adultos

O Projeto “Pegaí – Leitura Grátis” é uma iniciativa sem fins lucrativos, não governamental, criado na cidade de Ponta Grossa, no Paraná, e mantido por um grupo de pessoas apaixonadas por leitura e que acreditam que os livros não podem ficar guardados na estante, privados de serem lidos, juntando poeira ao invés de disseminar conhecimento.
Idealizado pelo professor universitário Idomar Augusto Cerutti, a proposta do projeto é simples: propõe-se às pessoas que doem, peguem, leiam e compartilhem livros.
Qualquer pessoa, de qualquer lugar do Brasil ou do exterior, pode doar livros. O PEGAÍ aceita a doação de obras do “gênero literário” (poesia, soneto, romance, crônicas, contos, ensaios e todos os tipos de literatura).
As obras recebidas são catalogadas para que seu caminho nas mãos dos leitores seja acompanhado. E se o livro estiver “velhinho”, com as páginas caindo, não tem problema, ele é restaurado. Todas as doações recebidas são disponibilizadas, gratuitamente, para a população com o único pedido de que eles sejam devolvidos, assim outras pessoas podem desfrutar da mesma leitura.



“Eu sempre quis fazer algo assim dentro da universidade, ter um local onde os acadêmicos pudessem deixar livros lidos e pegar outros. Então, em 2013, eu assisti uma reportagem sobre um grupo de motoboys que estava distribuindo livros em praças de São Paulo e pensei: se eles conseguem fazer isso, por que nós não podemos fazer também? Contei para alguns amigos o que tinha em mente e fui estimulado a iniciar o projeto”, conta Cerutti.


Então, alados meus, não deixem de passar lá no site do projeto e conferir como vocês podem participar, doando seus livros também!!!

Beijinhos Alados,
0 Comentários
Comentários

Comente!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados