Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

07/07/2014

Coisas de Escritora - Nossos Filhos de Papel

Eu já tinha pincelado uma coisa ou outra sobre esse assunto em postagens anteriores, alados meus, mas dessa vez falarei francamente. Por que será que os escritores consideram seus livros quase que como filhos seus?
Creio que a primeira explicação plausível seja a de que, antes mesmo de escrever, um escritor já era um leitor apaixonado. OK, existem exceções, mas a grande maioria já é sim apaixonado pelo mundo da literatura desde a infância. Ora, se um leitor já costuma tratar seus preciosos volumes com muito amor, feito filhos adotivos (porque não tem como ser filho legítimo se não for gerado no seu "ventre"), então imagine então qual seria a relação do criador com a sua criatura?
Claro que o fato principal, o que mais influencia, é o fato de que escrever toda uma história demanda tempo, habilidade e paciência, muita paciência. Isso sem contar eventuais gastos, claro. Como os filhos, livros também dão trabalho e precisam de atenção constante. Duvida? Pergunte a um escritor se ele deixa a divulgação do seu livro de lado por mais de uma semana!
Assim como os bebês nascem de uma relação de amor entre um homem e uma mulher, tramas nascem do amor pessoal daquele que escreve com o assunto abordado e com a literatura em si. Claro que não devemos pensar que ambos os casos devem ser tratados como equivalentes (uma vida humana, obviamente, sempre será mais complexa), mas esse é um paralelo que pode ser considerado válido se observarmos os fatos mais superficiais.
Também posso mencionar que essa relação literária paternal (ou maternal) depende do nível de loucura do escritor. Deve haver algum no mundo que não concorde comigo e ache que um livro é apenas um livro... ainda não achei, mas se aparecer por aí, me avisem.
Enfim, é preciso escrever para entender. É preciso ter o verdadeiro amor. Não há segredos. É só isso.

Espero que tenham gostado da reflexão de hoje! Não posso deixar, é claro, de terminar o post convidando a todos a conhecer o meu livro "Doce Sonho Alado", os links dele são os seguintes:


Estou contando com o apoio de todo mundo. Mesmo que você não esteja em condições de comprá-lo, uma divulgação já é muito bem-vinda!

Para ler mais "Coisas de Escritora", clique aqui.

Beijinhos Alados,
0 Comentários
Comentários

Comente!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados