Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

01/07/2014

Bienal Online com Adriana Ramiro - O autor e a literatura nacional

Terça-feira é dia de quê? É dia de ler mais uma entrevista da Bienal Online sobre a literatura nacional! E fiquem atentos, pois nessa primeira semana de julho também serão sorteados dois livros da autora convidada! Para saber como você pode participar de ambos, continue lendo a postagem até o final, garanto que valerá a pena.
O blog DSA foi escolhido para publicar, no terceiro dia da semana, uma pequena entrevista que tem como tema principal a opinião pessoal do autor convidado da Bienal Online sobre a literatura nacional (um assunto de extrema importância, aliás). Como convidada dessa semana, conheceremos a escritora Adriana Ramiro.
Ah, não posso deixar de convidar a todos a participar de um bate-papo especial que acontecerá no Facebook na sexta-feira (04/07/2014) às 20h. Se você deseja conhecer mais sobre a Adriana, e também se divertir com uma boa conversa sobre literatura, não deixe de estar online na hora marcada! Para participar, basta curtir a página da Bienal Online e deixar um comentário dizendo que quer participar (na hora do bate-papo haverá uma publicação para vocês comentarem). O link da página é o seguinte:


Bienal Online com Adriana Ramiro - O autor e a literatura nacional:

DSA: Para você, quais são os pontos positivos e negativos da situação da literatura nacional atual?
Adriana: Em vista das coisas negativas, eu me prendo às positivas. Afinal, o descaso com o autor nacional, a dificuldade com publicação, já é um assunto maçante. Então, me atenho ao que tem dado certo. Admiro a garra dos autores independentes que tem feito acontecer. Antes era um ou dois, agora são vários! E melhor ainda, eles têm público, o que desmente o pessimismo das editoras que não apostam em livros nacionais. Então prefiro ver o lado bom. Temos muito o que avançar? Temos, mas nada deve ser motivo para acreditar que o autor nacional não se torne a bola da vez. A negatividade em nós, autores, deve ser combatida com fé, força e foco.

DSA: Quais dificuldades você já enfrentou ou teme ter que enfrentar durante a divulgação de sua obra?
Adriana: Fora o medo de não lerem o que eu escrevo, temo a falta de vontade. Hoje, só não divulga seu trabalho quem se acomoda. Há “n” ferramentas disponíveis que tornam a literatura nacional conhecida. Um bom exemplo é o auxilio dos blogs, os grandes parceiros dos autores nacionais e as redes sociais.

DSA: O que pensa sobre a ajuda que os blogs (literários ou não) tem oferecido para os novos escritores brasileiros?
Adriana: Não posso reclamar. Tenho encontrando grandes parceiros e gente compromissada com meu trabalho. Têm picaretas? Tem, mas tem autores picaretas também, que só reclamam, não entendem que um blogueiro é acima de tudo um leitor, que tem seu tempo de leitura. Leitura rápida não ajuda em resenha. O blogueiro deve ser sincero, e muitos não aceitam isso. E tem que ser uma via de mão dupla: ele divulga meu trabalho, mas eu estou presente no blog, ao menos na página dele no Facebook. Conversando, divulgando postagens que o blogueiro faz, até de outros autores; isso é estar presente, mostrar que não brinca em serviço. Só funciona mesmo se ambos compartilharem "a camisa de seus times".

DSA: Se pudesse fazer uma sugestão para o governo melhorar a difusão da literatura no Brasil, qual seria ela?
Adriana: Cinquenta por cento do que as editoras publicam tem que ser nacional. Ao menos vinte por cento disso, de novos autores. Ser obrigatória a presença do autor nacional em cinquenta por cento da divulgação de nossa literatura. Isto é, tem que estar presentes em feiras de livros, festivais, bibliotecas, simpósios e tudo que envolve literatura neste país e outros eventos culturais, mas com essa porcentagem e obrigatório. O governo não subsidia o cinema, ele pode também custear ao menos o transporte e hospedagem desses autores. Sonho meu!

DSA: Escreva um recado sincero para todos os brasileiros que também desejam ser escritores no futuro:
Adriana: Ser escritor é: Acordar do sonho e realizá-lo.
Nada de ficar pontuando impossibilidades, trabalhe com o que tem, e verás que tem tudo o que precisa para tornar seu sonho possível. Não existe um caminho para publicar: há vários. Veja o que lhe cabe. Mas não se esqueça de que escrever é dois por cento do que faz um autor, os noventa e oito restantes é trabalho. E trabalho árduo. Saia do comodismo, desligue o pessimismo e invista em seu sonho. Se não quer trabalhar, não escreva.


Não se esqueça também de participar dos sorteios dessa semana! A autora Adriana Ramiro irá presentear dois sortudos durante a Bienal Online, veja só como funcionará:

"Segredos em família" será sorteado pelo Sorteie-me, na página da Bienal. "O último dia antes do fim do mundo" será sorteado durante o bate-papo da Bienal Online, feito por inbox.

  • Para participar do bate-papo é só chegar no facebook perto das 20h e deixar uma mensagem dizendo "Quero participar do bate-papo"

Regras:


Vamos conhecer também a nossa programação e os blogs parceiros???

Domingo:
Apresentação do nosso autor(a) convidado pelo blog, TSA
Apresentação do Book Trailer e/ou quotes, pelo blog Girland Star
 
Segunda - feira:
Entrevista: Conhecendo o autor, pelo O reino de Betra
 
Terça - feira:
Entrevista: O autor e a literatura nacional, pelo blog Doce Sonho Alado
 
Quarta - feira:
Entrevista: Inspiração de um autor, pelo Blog O diário de leitor
 
Quinta-feira:
Um super bate-bola, pelo blog Graci Rocha

Sexta-feira:
Apresentação do primeiro capítulo, pelo blog Eclética
 
Não deixem de acompanhar toda a semana e de participar do bate-papo, alados! Também convido a todos a conhecer o meu livro "Doce Sonho Alado", todos os links dele estão na aba "Os Livros"!

Beijinhos Alados,
4 Comentários
Comentários

4 comentários:

  1. Muito legal participar dessa ideia inovadora e de apoio aos autores nacionais! Agradeço pela oportunidade e espero todo mundo no bate-papo na sexta-feira 04/7 as 20h. bjks

    ResponderExcluir
  2. adoreiii a entrevista...beijos para a Adriana e para o blog pela divulgação da literatura nacional

    ResponderExcluir
  3. Amei a entrevista, Adriana é uma autora apaixonada pelo que faz,empenhada na causa em prol de seus companheiros,autores nacionais.De seus quatro contos publicados,a minha preferência é por "O protegido - Segredos de família",que tem uma escrita forte,cativante e reflexiva,mas soube por fontes altas que tem romance hot no forno.
    Parabéns à autora pelo trabalho e ao blog pelo empenho na divulgação de autores nacionais.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista. Mostra uma autora centrada, que sabe o que quer e não tem medo de ir à luta pelo seu sonho. Vai com tudo, Adriana!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados