Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

30/06/2014

Coisas de Escritora - Cofre de Palavras

Alados, quando um escritor usa uma palavra que não é comumente usada no nosso dia a dia, nem sempre é sinal de pedantismo. Certas palavras são como tesouros: é preciso usá-las nos momentos absolutamente adequados. Pense bem: você usaria um colar de diamantes para ir à padaria? É claro que não!
Mesmo assim, vez ou outra surgem passagens em que é impossível substituir certas palavras por outras mais fáceis. Algumas delas são perfeitas para expressar a emoção exata, ou para dar um toque de humor ao texto, ou para simplesmente evitar que a escrita se torne cansativa demais; coisas que a gente vai aprendendo a fazer com o tempo para garantir uma escrita fluida.
Por que estou dizendo isso? Justo porque quero explicar os motivos para que as pessoas que se dedicam à arte da escrita tenham que transformar a sua mente num verdadeiro cofre de vocábulos. Sim, também imaginei a mesma imagem mental que você está tendo agora... hehehe.
Agora você vai me perguntar: "Mas como posso criar esse cofre mental?", a resposta é simples e direta: leia tudo o que puder. Quanto mais, melhor. Mas leia sem se apressar, no ritmo certo, acompanhado de um bom e velho dicionário (na verdade, é só uma força de expressão, prefira usar os mais atualizados, é claro!), tenha-o como seu melhor amigo.
Ao tornar o ato de ler um hábito, você desfrutará de alguns benefícios importantes. O primeiro é o que eu já citei, o de aumentar seu vocabulário pessoal. Com o tempo, você começará a perceber que as palavras surgirão de forma natural, como se elas simplesmente saltassem de um trampolim para a folha de papel ou para o computador.
O segundo é que ao ler, as palavras que já estão lá no fundo do "baú" virão à tona. Dificilmente lembramos do significado de um termo quando o vemos uma vez só. Se você lê bastante, vai se deparar com vários deles o tempo todo, e muitos começarão a estar mais presentes na sua escrita.
O terceiro é que sua capacidade de memorização aumentará muito. Já viu aquela imagem que rola pela internet que fala que quando lemos mais de um livro ao mesmo tempo, a capacidade do cérebro de reter informações aumenta? Pois é, isso vai ser útil não apenas na hora de elaborar novas criações, mas também permitirá que você não se perca nos detalhes delas com facilidade.
Enfim, escrevi essa pequena reflexão apenas para bater mais uma vez naquela tecla que já é tão "batida" que logo cairá do teclado: você quer ser um bom escritor? Leia. Não tem paciência de ler? Leia assim mesmo, uma hora você se acostuma. Acha que estou falando besteira? Então, meu bem, é melhor você rever seus sonhos, pois ler muito é o único caminho para escrever bem.

Espero que tenham gostado da reflexão de hoje! Não posso deixar, é claro, de terminar o post convidando a todos a conhecer o meu livro "Doce Sonho Alado", os links dele são os seguintes:



Estou contando com o apoio de todo mundo. Mesmo que você não esteja em condições de comprá-lo, uma divulgação já é muito bem-vinda!

Para ler mais "Coisas de Escritora", clique aqui.

Beijinhos Alados,
0 Comentários
Comentários

Comente!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados