Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

25/03/2014

Sobre as minhas asas... ou sobre o meu pseudônimo

Ontem eu estava sem muita inspiração para elaborar o que iria escrever hoje. Isso acontece, alados, e principalmente quando se tenta manter um blog diário.
Enquanto pensava em um tema, lembrei-me de que até hoje não expliquei de forma decente o porquê de ter adotado o pseudônimo "Sheila Lima Wing". Já falei algumas vezes o motivo principal, mas hoje quero explicar bem explicado.
A história começa, é claro, com o meu livro "Doce Sonho Alado". Assim que eu comecei a escrevê-lo, dei um sobrenome qualquer à família mais importante da trama (que hoje em dia é conhecida como a família Wing), e acabei dando um nome que há muito tempo usava com alguns personagens, que era "Goldback". Embora achasse que era um nome legal, achava que não combinava muito bem com o primeiro nome de alguns membros da família, então iniciei uma saga atrás de outro nome que me satisfizesse mais. Como ainda não tinha minha coleção de nomes e sobrenomes, ficou ainda mais difícil achar um que fosse bom.
Então, quando eu menos esperava, surgiu uma epifania. Nos meus desenhos, sempre havia um elemento que era acrescentado: as asas. E eram tanto as de borboleta quanto as de anjo, sempre estavam presentes, em pessoas, em animais... em quase tudo.
Testando o sobrenome "Wing", vi que ficava bom com todos os personagens da família em questão. Era pequeno, simples, bonito... perfeito!
Pouco antes de registrar o livro (não me lembro a época exata, acho que foi no final de 2011, mais ou menos) surgiu um problema com o meu nome: era comum demais. Não gosto muito do meu nome completo, então assinava as obras como "Sheila Lima". O problema mesmo era que quando se digita esse nome no Google, aparece milhões e milhões de resultados. Imagine só se alguém fosse tentar achar meu livro pelo meu nome, nunca me acharia com tantas "Sheilas Limas" diferentes. Tive que assumir: precisava de um pseudônimo melhor.
Embora eu não goste muito de me chamar "Sheila" (eita nome com significado ruim!), não consigo me imaginar com outro nome, portanto perguntei a mim mesma: "Se eu fosse ter outro sobrenome, qual seria?" Ora, eu sou uma eterna apaixonada pelos Wings (até pelo Miguel e o Narciso, que me irritam bastante), de certa forma já sentia como se fosse parte da família também. Então fiz o teste e vi que eu seria a única "Sheila Lima Wing" do Google. E adotei o nome. Simples assim!
Resumindo: mudei o sobrenome para ficar mais fácil de encontrar, para ficar mais bonito e pela paixão que tenho pela família que criei para a minha história. Parece loucura, mas não é.

Enfim, por hoje é só. Espero que tenham gostado da história do meu nome!

Beijinhos Alados,
0 Comentários
Comentários

Comente!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados