Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

10/03/2014

Coisas de Escritora - Pesquisas estranhas

Pensam que vida de escritora só tem a ver com expressar sua criatividade e ser uma arquiteta de palavras, alados meus? Parte da arte de montar histórias convincentes também passa por gastar alguns minutos investigando (na internet ou não) sobre os assuntos que serão abordados na trama. Só que nem sempre essas pesquisas são normais... hoje falarei um pouco sobre isso.
Antes de começar, obviamente, deixo aqui o link do meu livro. Se puder me ajudar, nem que seja com uma divulgação básica, já me deixaria imensamente feliz:


Conto com a ajuda de todos, nem que seja uma contribuição mais humilde. Agora vamos ao post de hoje, espero que vocês curtam!

Pesquisas estranhas:

Como eu disse lá em cima, uma das coisas inerentes à arte da escrita é gastar uns bons minutos (ou horas, até) se dedicando a pesquisas sobre toda sorte de assuntos. Algumas delas são óbvias, como, por exemplo, pesquisar sobre uma época da História Mundial, ou sobre uma figura histórica, essas coisas.
Entretanto, se uma pessoa analisasse com cuidado o histórico da internet de um escritor, certamente se perguntaria: "Que tipo de pessoa é essa?" Digo isso pois já tive que investigar coisas bem diferentes (algumas não posso contar para não gerar spoilers), e também salvo nos favoritos do meu navegador uns artigos bem peculiares como, por exemplo, textos que achei sobre "tortura medieval". Claro que eu não pretendo torturar nenhuma pessoa real, mas isso não indica que um dos meus personagens não possa se utilizar desse artifício... hehehe. Faz parte, às vezes, saber formas criativas de matar os personagens, ou fazê-los sofrer bastante...
Assuntos bem interessantes de serem abordados durante o livro também podem acabar aparecendo no mecanismo de busca do escritor. Coisas como transtornos mentais, doenças estranhas, costumes malucos, hipóteses insanas, mortes esquisitas... faz parte!
OK, às vezes as pesquisas não são exatamente suspeitas, também há algumas que são simplesmente bestas. Já tive que ler muito sobre árvores até achar uma em especial que vai entrar na minha saga. Já pesquisei sobre os nomes de lugares ou pessoas, para ver se existe algum lugar com o mesmo nome. Já procurei informações sobre raças de animais, modelos de carros; um monte de detalhes que a maioria das pessoas nem dá atenção no dia a dia.
Se você aprende muitas coisas que jamais sonhou aprender enquanto lê um romance, isso acontece pelo fato de que uma cabeça de escritor extremamente curiosa aprendeu tudo antes. São coisas que só quem gosta de escrever entende de verdade.

Para saber sobre mais "Coisas de Escritora", clique aqui.

Beijinhos Alados,
1 Comentários
Comentários

Um comentário:

  1. É exatamente assim, Sheila. Também vivo fazendo pesquisas que poderiam ser consideradas "estranhas" para muitas pessoas. rs.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados