Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

11/03/2014

Entrevista DSA com Gleize Costa

Alados meus, hoje conheceremos mais um novo nome da literatura brasileira. Uma autora, aliás, cuja obra "Eu te olhava pela janela" estou lendo agora mesmo pelo aplicativo do Kindle (como já passei de 80%, acho que ainda nesta semana já estarei divulgando minha opinião sobre o livro aqui no DSA). Não deixem de ler esta entrevista exclusiva com Gleize Costa até o final, tenho certeza de que vocês vão amar!
Como já é de costume nos posts sobre literatura, deixo aqui também o link do meu próprio livro. Se puder me ajudar, nem que seja com uma divulgação básica, já me deixaria imensamente feliz:


Conto com a ajuda de todos, nem que seja uma contribuição mais humilde. Agora vamos ao post de hoje, espero que vocês curtam!

Entrevista DSA com Gleize Costa:

Perguntas:


DSA: Antes de tudo, queria parabenizá-la pelo livro "Eu te olhava pela janela"! Como foi para você escrever este livro? Foi uma tarefa fácil ou exigiu um certo esforço?

Gleize: Escrever este livro foi um processo muito emocionante, pois eu me inspirei em mim mesma para criar a protagonista. Alguns dos sofrimentos terríveis que ela vivenciou nas primeiras páginas, foram vivenciados por mim, mas não posso entrar em detalhes. No geral, esse livro demandou muito esforço, fiz muitas pesquisas e tive que elaborar vários desfechos até encontrar um que realmente fizesse meu coração vibrar e dizer: “Esse é o desfecho perfeito!”.

Comentário pessoal: nossa, estou mais do que curiosa para ler esse desfecho, que bom que já estou bem pertinho! Vamos ver se ele vai entrar para a minha lista de "finais de livro favoritos" (que, aliás, é bem pequena).

DSA:  Agora nos conte o que levou você a querer ser escritora. Foi um sonho de infância ou algo mais recente?

Gleize: Foi um sonho de infância. Comecei a escrever romance quando tinha uns 11 ou 12 anos. Eu vivia comprando cadernos para escrever as minhas histórias e depois dava para as amigas lerem. Rsrs.

Comentário pessoal: engraçado, geralmente acontece o contrário, a maioria dos escritores relata que sempre tiveram vergonha de expor suas obras para os outros, mesmo para amigos. Eu queria ainda ter algumas das coisas que escrevi na infância, mas acho que não sobrou nada inteiro.

DSA: Eu já declarei aqui no meu blog que sou maníaca por histórias, sejam elas quais forem. Conte para nós: de quais livros, séries e filmes você mais gosta? Se de repente você virasse um personagem fictício, em qual desses "mundos" gostaria de estar?
Gleize: Bem, eu sou muito fã do Keanu Reeves, e ele atuou num belo filme com a Sandra Bullock, chamado "A Casa do Lago". Se eu virasse uma personagem, gostaria de virar a personagem da Sandra Bullock para viver aquela linda história de amor com o Keanu Reeves. Rs.

DSA: Conte-me uma coisa sobre você que você nunca contou no mundo virtual.
Gleize: Algo que eu nunca contei no mundo virtual, é que eu me inspirei em mim mesma para criar a personagem Amanda do livro “Eu te olhava pela janela”.

Comentário pessoal: nossa, não sei se isso me deixa menos ou mais curiosa, pois a Amanda é realmente uma personagem bastante peculiar. Não posso adiantar muito, vocês saberão minha opinião completa em breve... #Suspense!

DSA: Se você pudesse mandar uma mensagem bem sincera para uma figura pública ou uma celebridade, quem você escolheria? E o que falaria para ele ou ela?
Gleize: Eu escolheria o Pedro Bandeira, um dos meus autores preferidos.
Pedro Bandeira, seus livros maravilhosos marcaram a minha adolescência. Sou apaixonada por “A marca de uma lágrima”, “A droga da obediência” e “A droga do amor”.

Comentário pessoal: sempre tem aquele autor ou autora especial que fica marcado no nosso coração, não é?

DSA: Qual (ou quais) dos personagens que você já criou é o seu favorito (pode citar algum personagem de outras obras suas também)?
Gleize: Sou completamente apaixonada pelos protagonistas do “Eu te olhava pela janela”, que são: Amanda, Rodrigo e Betinho (na fase adulta).

DSA: Se pudesse mudar algo na realidade brasileira, o que seria?
Gleize: A violência. É impressionante a quantidade de assaltos, assassinatos, estupros, sequestros... Seria maravilhoso se as pessoas começassem a amar e respeitar o próximo.

Comentário pessoal: muitos levantam hipóteses sobre qual é o maior mal da humanidade, mas na verdade o que realmente tem causado todo o mal é a falta de amor. É fato.

DSA: Você tem alguma meta para o ano de 2014? Ou prefere que as coisas aconteçam naturalmente?
Gleize: Na verdade, eu tenho metas para todas as áreas da minha vida, e através delas conseguirei atingir meus objetivos. Se Deus quiser!

Comentário pessoal: estou torcendo para que neste ano várias das suas metas possam se tornar realidade! Que 2014 traga agradáveis surpresas na sua vida!

DSA: Se você pudesse visitar algum lugar do mundo, qualquer um, qual seria esse lugar? Por quê?
Gleize: Bora Bora, sem dúvida alguma! Pois é um dos lugares mais lindos e românticos do mundo!

E o Kiko?

Essa parte da entrevista consiste no seguinte: eu enumero algumas palavras e o entrevistado marca uma opção de acordo com o grau de importância que isso tem na sua vida.

1 - Internet:
(x) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

2 - Lutar pela preservação do meio ambiente:
(  ) Não vivo sem.
(x) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

3 - Política:
(  ) Não vivo sem.
(x) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

4 - Esportes:
(  ) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(x) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

5 - Redes Sociais:
(x) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

6 - Celular/Telefone:
(  ) Não vivo sem.
(x) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

7 - Televisão:
(  ) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(x) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

8 - Notícias da atualidade:
(  ) Não vivo sem.
(x) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

9 - Religião/Deus:
(x) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

10 - Livros:
(x) Não vivo sem.
(  ) Me importo.
(  ) Sou indiferente.
(  ) Não me importo.
(  ) Desprezo totalmente.

Ping-Pong:

Agora vamos a um ping-pong, responda com uma palavra (ou uma frase):

Escrever é - Ter o poder de criar qualquer coisa. Não existem limites para a escrita.
Saudade - “Saudade é o preço que se paga por viver momentos inesquecíveis”. Adoro essa frase!
Sucesso - É o reconhecimento merecido por um trabalho bem feito.
Amigos - Tenho poucos.
Fico irritada quando... - Quando visualizam uma mensagem minha por inbox no Facebook e não respondem. Rsrs.
Um medo - Dirigir.
Um sonho - Conhecer vários países.
Essa entrevista para mim foi - Uma grande honra.
Eu te olhava pela janela é - Uma história dramática e apaixonante.
A Gleize é - Uma caixinha de surpresas. Rsrsrs.

Muito obrigada pela entrevista incrível, Gleize! Se você leu até aqui, é porque se interessou de alguma forma pela obra da entrevistada, então procure visitar o link abaixo, para que você possa saber mais sobre o seu trabalho:


Espero que tenham gostado da entrevista de hoje! Em breve trarei mais entrevistas, sempre algo muito especial!

Para conferir todas as entrevistas, clique aqui.

Beijinhos Alados,
3 Comentários
Comentários

3 comentários:

  1. Muito obrigada por esta oportunidade, amiga. Gostei muito de participar!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. HAHA Super Sheila amei a entrevista,
    Interessante o fato da Gleize colocar um pouco de sua história nos personagem, se bem que acho que eu tbm faço isso, afinal o que seria de nós sem as lembranças?
    Fala nisso, acho que também não tenho nada de quando era mais nova e escrevia, a não ser a mania de comprar cadernos para escrever histórias, as vezes eu também mostrava pra minhas amigas o que escrevia, mas na maioria das vezes tinha vergonha.
    Big Bjus!!!! (boa sorte meninas)
    http://umcontonoponto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ah, que entrevista mais linda. Foi bem gostosa de se ler.
    "Eu te olhava pela janela" é maravilhoso. Já li e recomendo, alias, tudo o que ela escreve é lindo....
    Parabéns pela entrevista, amiga.

    Beijinhooos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados