Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

22/11/2013

Quando devo usar "isso", "isto", "aquilo", "this" e "that"?

Resolvi, alados, que agora além de falar sobre Língua Portuguesa, incluirei vez ou outra algumas dicas de inglês. Hoje falarei sobre um assunto que engloba ambas as línguas, e que muitas vezes é uma pedra de tropeço para quem está traduzindo algo do inglês para o português: os pronomes demonstrativos "isto", "isto", "this" e "that".
Tudo começou enquanto eu utilizava o Duolingo, e percebi que muita gente não consegue entender o uso de "this" e "that", a maioria parte do pressuposto de que "isto" e "isso" significam a mesma coisa, o que não é verdade. Esse assunto pode chegar a dar um nó na nossa mente, mas uma hora começa a fazer algum sentido. Hoje vou tentar descomplicar o complicado (não reparem na redundância... hehehe) e ajudá-los a compreender um pouco mais as regras de ambas as línguas, espero que ajude!

Lembrando que o mesmo acontece com "esse", "este", "desse", "deste", "nesse", "neste" e "aquele".

Emissor e receptor:

Antes de chegar às regras, preciso ensinar a vocês duas palavras que usarei bastante: emissor e receptor.
Pense numa conversa entre duas pessoas. A pessoa que está falando é o emissor; a pessoa que escuta, que recebe a mensagem é o receptor. Aqui no blog, eu sou a emissora (embora não esteja falando, e sim escrevendo) e vocês, alados, são os receptores. Simples, não? Vamos agora para a próxima lição.

Quando o objeto está perto do emissor:

Imagine se eu e você estivéssemos conversando cara a cara, e eu estivesse segurando uma caneta na mão. Nesse caso, eu diria o seguinte:

"Isto é uma caneta".

E se estivéssemos tendo a mesma conversa em inglês, a frase ficaria da seguinte forma:

"This is a pen".

Conclusão: quando o objeto em questão estiver perto da pessoa que fala (seja o segurando ou estando ao seu redor), utilizamos isto. Em inglês, a palavra correspondente é this.

Obs: lembre-se também de que quando há mais de um objeto, em inglês devemos usar "these". Assim:

"These are pens".

Quando o objeto está longe do emissor:

Agora imagine que, enquanto nós conversamos, você estivesse com um livro no colo e numa estante que está longe de nós dois estivesse outro livro. Para saber se o livro que está no seu colo é meu, eu perguntaria:

"Isso é meu?"

Digamos que ele não seja meu, mas que o que está na estante seja. Você responderia assim para mim, apontando para a estante:

"Não. Mas aquele é seu".

No inglês as coisas funcionam de um jeito diferente. Para qualquer coisa que esteja longe do emissor, usa-se o that; estando ela próxima do receptor ou não. Nossa conversa anterior, escrita em inglês, ficaria assim:

"Is that mine?"
"No. But that is yours".

Conclusão: em português, quando o objeto está perto do receptor, usa-se isso. Quando não está perto nem do emissor, nem do receptor, usa-se aquilo. Em inglês, para ambas as situações usa-se o that.
Obs: lembre-se também de que quando há mais de um objeto, em inglês devemos usar "those". Assim:

"Those books are mine".

E quando não houver um contexto?

Ora, se você está num site como o Duolingo, que lhe dá frases soltas, nas quais não dá para saber se o objeto está ou não perto do emissor, você pode fazer o seguinte:
1. Se a frase possui "this", traduza como "isto" (pois não há outra palavra em português que se refira a um objeto perto do interlocutor) e vice-versa;
2. Se a frase possui "that", você pode traduzir tanto como "isto" como "aquilo" (pois os dois se referem a um objeto que está longe do interlocutor).

Mas nunca traduza "this" como "isso". "This" significa apenas "isto".

Quando se está escrevendo:

Para arrematar, vou falar sobre um outro caso que ocorre na Língua Portuguesa. Quando se está escrevendo, devemos usar o "isto" quando ainda não se mencionou o assunto em questão (ou quando vai se apresentar uma novidade), assim:
Isto é muito importante: que você preste muita atenção no que escrevi.

Agora, se o assunto já foi dito (ou se todos já sabem sobre ele), deve-se usar o "isso":
Você leu minha postagem até o final. Isso é muito bom!

Nesse último caso, a regra é mais flexível, alguns consideram que também pode ser usado "isto" por se tratar de algo que acabou de ser dito. Mas, em geral, usa-se da forma como eu coloquei.
Ainda não li se em inglês o mesmo acontece. Se você souber que a regra é a mesma, pode deixar um comentário que acrescentarei à postagem.

Gostou da nossa aula de hoje? Não deixe de comentar!

Beijinhos Alados,
1 Comentários
Comentários

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados