Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

05/12/2012

Livro - Hades + Sou muito doida por gostar de rock???

Acabei de ler o livro "Hades" da série "Halo" (na verdade eu já tinha terminado desde sexta-feira, mas estava esperando um dia menos cheio para fazer a postagem) e agora vou dar minha opinião pessoal para vocês. Quando se trata da série "Halo" eu sempre tenho muito a falar, com toda a certeza!!!
Eu não ia fazer um post duplo, mas ontem, enquanto estava assistindo o episódio do dia de SPN, me lembrei de uma coisa que eu queria falar há muito tempo que tem tudo a ver com o fato de eu ser extremamente paradoxal... Véi, eu sou muito complicada mesmo... Hehehehe... Mas vamos logo ao post de hoje:

Hades, Alexandra Adornetto:

A Alexandra Adornetto começa o livro dedicando-o a todas as pessoas que já estiveram no Inferno. Pessoas normais pensam: "Ela está se referindo a pessoas que passaram por situações terríveis, como se fosse o próprio Inferno". Eu, na minha nada normal pessoa, penso assim: "Ih, ela dedicou o livro à Glória Pólo, aos Winchester"... Hehehe... Brincadeira, gente!!!
Gostei muito dessa sequência, sem dúvida é uma das minhas tramas favoritas, sem falar que são os livros com a capa mais linda que eu já vi... Mas vamos a minha opinião:

Trecho do livro:

    "Antes que eu perdesse o controle dos meus pensamentos, algo aconteceu – algo que nunca imaginaria possível, nem mesmo nos meus piores pesadelos. Em qualquer outro momento, teria ficado horrorizada só de pensar nisso. Mas estava tão perdida que não senti nada além de uma forte tensão no corpo, como se tivesse sido invadida por um jorro de veneno. A estrada desafiava a gravidade e se erguia à nossa frente. Uma cratera se abriu em seu centro. Sim, a estrada se abriu e a cratera era cada vez maior, como uma boca faminta, cavernosa, esperando para nos engolir. O vento que batia contra o meu rosto era quente, e uma fumaça começou a erguer-se do asfalto. Instintivamente, sabia que tudo aquilo emanava de um sentimento de profundo vazio, estávamos seguindo em linha reta em direção aos portões do Inferno.
    E o Inferno logo surgiu à nossa frente".

Opinião pessoal:

Quem não quer mandar Bethany Church pro Inferno? Hehehe... Brinquei com isso no Face. Por um momento eu pensei que a Beth tinha reagido no Hades, achei até estranho a forma como ela estava ficando ardilosa, mas no final do livro... Bem, quem for ler o livro vai entender como ela foi burra em acreditar no Jake um monte de vezes...
Morri de rir com as brigas do Xavier com a Molly. Eu acho que os dois poderiam ser um casal incrível. Vocês sabem que eu gosto muito do Xavier, acho que ele merece algo melhor que a Bethany (gente, eu não consigo engolir ela, de jeito nenhum). Só acho uma pena que em Hades o Xavier estivesse tão abalado por estar sem a Beth que ficou um pouco carrancudo. Mas fazer o que, não é???
Quero destacar a chegada de Miguel e Lúcifer na trama. Eu acho engraçado o fato de como esses dois personagens sempre são parecidos em todas as tramas que usam o tema "anjos e demônios". Mas isso é só uma percepção pessoal, nada confirmado.
Sinceramente, eu acho que a trilogia "Halo" deveria ser mais divulgada. É uma história maravilhosa, que eu indico para todos. Agora vou ficar no aguardo do último livro (o da capa mais linda que já vi em toda a minha vida) que vai se chamar "Heaven".

Leia Também:

Angélica
Tormenta
O Pequeno Príncipe
Fallen
Corda Bamba
A arte de Construir Cidadãos: as 15 lições da Pedagogia do Amor
O Ateneu
A Normalista
Diários do Vampiro - O despertar
Halo
O livro da Vida - Da ilusão à verdade

Sou muito doida por gostar de rock???

Quando eu era pequena, dizia que gostava sim de rock, mas não dos mais pesados. Hoje em dia eu já não posso mais usar esse pensamento...
Vou explicar o que eu quero dizer. Tudo começou quando um dia eu fui jogar "Guitar Hero II" pela Internet. Como trilha sonora do jogo, está a música "Woman", da banda Wolfmother. Na época eu até gostei, mas deixei de lado, afinal de contas, eu "não gostava muito de rock".
Outro dia eu estava assistindo "Chuck" e essa música estava passando em uma das cenas. Foi aí que eu percebi que aquela minha afirmativa da infância não era muito certa. Afinal de contas, eu sempre fui apaixonada pelo Evanescence, ouço muito Linkin Park, me amarro na música "Do the Hippogriff" de HP e sou louca pelo ritmo de "Smoke on the Water", vamos combinar: isso tudo não é muito levinho. E o pior de tudo: comecei a escutar as outras músicas da Wolfmother e me amarrei nelas.
Agora a pouco eu estava assistindo o segundo episódio da sexta temporada de Supernatural. Eu sempre reclamei da trilha sonora de SPN, e o que toca hoje??? "Smoke on the Water". É aquilo o que dizem, não se pode ficar cuspindo pra cima... A partir de hoje é melhor eu parar de dizer essas coisas.
Agora me diz, eu sou ou não sou extremamente paradoxal? No meu Mp4 (acabei de comprar um novo que aceita cartão de memória), tocam músicas super delicadas, tipo Demi Lovato, músicas da diva Bey, e volta e meia explode algo mais ou menos assim:

Wolfmother - Sundial

Powered by mp3skull.com
 
Sundial

In time, you will find, many things found in the ordinary
Could it be, what you see, many things are extraordinary
Every time when I look at you, well I seem to find another thing behind the story
Every time when I look at you, well I seem to find another dream behind the glory

And now it seems no time at all
The sundial wonders
How could you see nothing at all?
The sundial wonders on

Took a walk, in the park, walking all around in the after wall
Sometimes, keep it light, to take away all your love and power
Every time when I look into, well I seem to find another scene behind the story
Every time when she looks into, well I seem to find another dream behind the glory

And now it seems no time at all
The sundial wonders
How could you see nothing at all?
The sundial wonders on
And now it seems no time at all
The sundial wonders on

Relógio de Sol

Com o tempo, você vai encontrar muitas coisas consideradas comuns
Poderia ser o que você vê, muitas coisas são extraordinárias
Toda vez, quando eu olho para você, bem, parece que eu encontro outra coisa por trás da história
Toda vez, quando eu olho para você, bem, parece que eu encontro outro sonho por trás da glória

E agora parece sem tempo pra nada
As maravilhas do relógio de sol
Como você pode não ver nada?
As maravilhas do relógio de sol

Dei um passeio, no parque, andando ao redor de um muro
Às vezes, mantenho isso de leve, para tirar todo o seu amor e poder
Toda vez quando eu olho para dentro, bem, parece que eu encontro outra cena por trás da história
Toda vez, quando ela olha para dentro, bem, parece que eu encontro outro sonho por trás da glória

E agora parece sem tempo pra nada
As maravilhas do relógio de sol
Como você pode não ver nada?
As maravilhas do relógio de sol
E agora parece sem tempo pra nada
As maravilhas do relógio de sol

Erros de tradução não são de minha responsabilidade (retirei a letra e a tradução do Letras.terra).

Agora quem vier falar que eu sou poser de rockeira, nem comece, por que eu nunca disse que era fã. Só gosto muito de ouvir, só isso. Enfim, é só isso que tenho a dizer. Só para vocês conhecerem um pouco da doideira que é minha mente.
Ah, aceito sugestões de músicas do estilo, se vocês tiverem alguma...

Não perca os próximos posts, nunca se esqueçam de voltar aqui!!!

Mil Sweetkisses,
11 Comentários
Comentários

11 comentários:

  1. Oieee!!!

    Adorei a postagem... estou no início do livro Halo, mas ando sem tempo pra ler e não consegui engrenar a leitura ainda, mas de cara já estou gostando da história... nem li toda a parte que tu escreveu sobre o livro porque vi algo sobre "e quem não quer mandar a Bethany para o inferno?", como ainda estou no início, já preferi não entender nada, deixar a surpresa pra depois que acabar de ler. Enfim... guria, eu viciei no Guitar Hero, não sosseguei até virar todos (menos o III) no Expert. Preciiiiso comprar a guitarrinha para passar a One nesse nível, hehehe! Amo rock, basicamente é só o que eu ouço... mas curto também aquele rock antigo, baladinhas românticas, um pouco de pop... inclusive também gostei de uma música da Demi Lovato, tive que baixar, hehehe! Olha... se tu quiser umas sugestões de música, segue:

    http://nandarilha.blogspot.com.br/2012/08/uma-lista-pessoal-musicas-que-valem.html

    É isso então, boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Nossa nunca tive curiosidade em ler esse livro, mas lendo o trecho que colocou parece interessante! Agora gostar de rock... Que bom que tem bom gosto kkkk
    Mas como você disse gosta de rock e gosta de outras musicas, ser eclética não é defeito, é qualidade, tolerar e apreciar moderadamente todas as “culturas" quanto a mais bamdas curto muito essas... Iron Maiden, Radiohead, System of a down e mais um monte incluindo famosas, anomimas, extintas e eternas!
    Bjos Pri

    ResponderExcluir
  3. Eu também gosto muito de rock! hahaha Principalmente a trilha de sobrenatural *o*

    Adorei o layout de natal daqui ^^

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser bem legal e Rock eu sempre gostei de rock mas nunca digo qual ritmo pq ouço do mais leve ao quase mais pesado, muito legal a música.

    Bjss

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser bem interessante! Talvez eu leia futuramente.

    Beijos, Carol!
    Part Of Me

    ResponderExcluir
  6. Normal mudar de opinião Sheila ou mesmo não entender e conhecer outras coisas, eu amo a trilha do SPN, amooo... amo Dean... hehehehhee... já falei isso aqui variaaas vezes.
    Eu amooo rock de todo tipo, quando mais nova tinha um amigo que amava os rocks pesaados mesmoooos e eu ouvia muito, no inicio me dava dor de cabeça, mas eu gostava das musicas... rsrsrsrsrs... não! Não é loucura é bom demais mesmo.

    Eu estou parada na leitura, estou com o livro Memorias de uma Gueixa, comecei a ler e amei, mas parei... ando meio preguiçosa... rsrsrsrs... Bjks

    ResponderExcluir
  7. Qual o problema de gostar de rock? É um estilo musical, assim como todos os outros. Gosto é gosto e nós respeitamos o seu :)

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí

    ResponderExcluir
  8. se vc é louca, então estamos juntas! prefiro rock do que musicas teens(é como chamo a demy lovato,selena gomes, myley e outros do mesmo genêro) e na boa não julgo, na mesma maneira que não devem me julgar... e gosto não se discute.adoro metal e pop, mas não significa que sou drogada ou adoradora do diabo... rsrs

    gostei do post...

    bjossss
    queridanostalgia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu só gosto de roock... rs. e música clásssica, então sou mais que doidooo...

    ResponderExcluir
  10. Qual o problema em gostar de rock? Cada um tem o seu estilo musical e é isso que importa. Imagine todo mundo gostando da mesma coisa, não iria ter graça nenhuma. Antes eu dizia que gostava de um estilo de música, mas agora digo que gosto de música, por que mesmo gostando de um estilo musical, sempre tem uma ou outra que não gosto. Bjus!!!
    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. ooi.. adorei a sugestão de livro já que eu amo ficção e HADES me pareceu ficção. kkkkkk então, achei muito bom você ter falado sobre gostar de rock, pois eu também gosto mas não sou fã nem poser, apenas gosto. Alguns meses atrás eu queria ter falado sobre isso no meu blog só que estava com medo de perder os seguidores e tudo mais.. agora não, vou falar disso sim e com muito orgulho.. :D
    Acessa meu blog pelo perfil. *----*
    Beijos ! ;$

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados