Caso alguma imagem do blog não esteja aparecendo, por favor, avise nos comentários da postagem em questão!

11/09/2011

A Sagrada Escritura


Eu sei que no post da Hierarquia dos Anjos eu prometi que ia falar sobre "Deuterocanônicos" e "Apócrifos", mas vi que esse assunto rende muito, é melhor eu fazer o post com mais calma, então vai ficar para outro Domingo...
Então como Setembro é o "Mês da Bíblia", escolhi compartilhar algumas curiosidades sobre a bíblia, nada muito complexo. Aí vai a minha listinha:
  1.  Ao contrário do que se pensa popularmente, livro do Gênesis não foi o primeiro a ser escrito;
  2. Segundo a lista que eu recebi, a bíblia já foi traduzida em 2.454 línguas diferentes;
  3. A melhor forma de ler a bíblia não é ir lendo do Gênesis ao Apocalipse em ordem, mas sim começando pelos mais fáceis. A bíblia Ave-Maria propõe que leia-se primeiro os quatro Evangelhos e os Atos dos Apóstolos, depois Rute, Tobias, Judite e Ester, seguidos pelas cartas mais breves de São Paulo e as três de São João, logo após o Pentateuco e os livros históricos, as outras cartas dos Apóstolos, os livros sapienciais, os livros proféticos e por último o Apocalipse;
  4. O livro do Gênesis não se trata de um livro de história, nem um manual de história natural com a finalidade de expor as origens do mundo e da humanidade. Seu autor quiz apresentar de forma alegórica (não necessariamente existiram Adão e Eva, ou Caim e Abel), ou seja, utilizando personagens e elementos simbólicos para apresentar um ensinamento religioso que determina as relações entre o homem e seu Criador (eu sei, isso acaba com a infância de muita gente, mas é a mais pura verdade, é só conferir na introdução da Bíblia) relatando numa linguagem simples e figurada, adaptada às inteligências de uma humanidade pouco desenvolvida, as verdades fundamentais necessárias ao conhecimento da mensagem da salvação, bem como a descrição popular das origens do gênero humano e do povo eleito;
  5. O maior livro da Sagrada Escritura é o dos Salmos, com 150 capítulos, no qual podemos desfrutar da leitura dos mais belos louvores já existentes (psalmus= louvores);
  6. Quem escreveu os Atos dos Apóstolos foi o Evangelista Lucas. Repare como o Evangelho de S. Lucas e os Atos começam de forma bem parecida;
  7. O livro do Apocalipse não é exatamente uma profecia de como o mundo irá acabar. S. João Evangelista escreveu-o  mais ou menos no ano 100, sob a forma de uma carta dirigida às Igrejas da Ásia Menor, onde os cristãos eram muito perseguidos. E esses cristãos já estavam perdendo a fé, pois acreditavam que a libertação que aconteceria com a volta de Cristo estava próxima, e se intristeciam pois essa volta demorava. Então S. João fez de seu livro uma mensagem de encorajamento e de reconforto, além de ser um manifesto contra o paganismo reinante, querendo também anunciar aos seus leitores a inevitável oposição do mal e do bem sobre a terra, e predizer a vitória de Deus. É, portanto, uma mensagem sobrenatural (velada em símbolos, representando tanto o passado, como o presente e o futuro) concernente a um peródo indefinido que separa a ascensão de Jesus de Sua volta gloriosa.
Bom, por hoje é só. Todas as informações deste post tiveram como estribo a introdução da bíblia Ave-maria. Uma boa semana para todos vocês, que Deus te abençoe!!!!
Mil Sweetkisses,
2 Comentários
Comentários

2 comentários:

  1. tai umas curiosidades que eu não sabia...

    ResponderExcluir
  2. Eu acho lindo a sua devoção á Deus e sua Palavra.
    Que Ele continue ti iluminando a cada dia.

    Beju'
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts relacionados